Mesmo com a economia do país e do mundo impactada pela pandemia, nem todos os setores estão em crise. O da construção civil, por exemplo, manteve seu funcionamento durante o período de isolamento social.

Em 2020, o Brasil apresentou um saldo positivo de emprego no setor da Construção Civil na ordem de 108.517 novos postos de trabalho.

Analisando o setor e o seu mercado podemos verificar vários fatores atuando em conjunto e que levaram a este bom desempenho.

Um deles está relacionado ao perfil do consumidor. Com o isolamento social e o trabalho em home office, muitas pessoas voltaram seu olhar para o ambiente em que moram, buscando por reformas e a substituição do imóvel atual por um maior, com mais espaço e conforto. Esse comportamento aqueceu e impulsionou a venda de novos imóveis.

Outro fator está relacionado à taxa selic baixa. Em 2020 a taxa selic estava em torno de 2% a.a. e agora, em março de 2021, teve uma elevação para 2,75% a.a. Mesmo com o aumento, a taxa é considerada baixa e isto reduz o custo dos financiamentos imobiliários, os tornando mais atrativos à população.

“No início da pandemia ficamos com receio das vendas diminuírem, mas com o passar do tempo às vendas foram aumentando e nos surpreenderam positivamente. Com a redução das taxas de juro dos bancos os clientes tiveram um incentivo para a compra de imóveis”, relata Marcelo Serafim Farias, gerente comercial da Construfase.

A Construfase atua há mais de duas décadas no ramo construtivo iniciando com construção de casas, pequenos edifícios residenciais, obras públicas e elaboração de projetos.

Com o decorrer dos anos a empresa ampliou seu leque de produtos e hoje atua com incorporação e construção de edifícios, construção de casas, salas comerciais, prédios residenciais e escritórios, pavilhões industriais, construção e reforma de hospitais e clínicas, além de obras públicas.

Perguntamos ao Marcelo, qual a perspectiva de mercado para a construção civil na visão da Construfase para os próximos meses: “ A perspectiva para o ano de 2021 é muito positiva, o mercado imobiliário está bastante aquecido. Temos 4 lançamentos ainda para o ano de 2021 e continuaremos entregando apartamentos com alta qualidade para todo o sul de SC”, informa o gerente comercial.