A Prefeitura de Criciúma lançou nesta segunda-feira, dia 22, o programa ‘Agiliza’ que tem como objetivo desburocratizar os setores de regularização e fiscalização de imóveis e obras. A ação que iniciou hoje e será realizada durante um mês tem o propósito de dar mais celeridade na resolução das solicitações dos contribuintes, zerar o número de processos físicos em tramitação e migrar para o sistema digital.

A proposta da Prefeitura é ampliar o horário do Centro de Planejamento Urbano nas segundas e terças-feiras, das 8 às 19 horas, durante um mês. Atualmente, o Centro de Planejamento, composto pelas já extintas Divisões de Planejamento Físico e Territorial (DPFT), de Parcelamento de Solo (DPS), de Fiscalização Urbana (DFU) e de Planejamento Urbano (DPU), possui 300 processos parados.

O objetivo da ação é acelerar os processos e ajudar a população com mais agilidade. Quem tiver processo de reforma ou de construção pode nos procurar”, explicou o diretor de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação de Criciúma, Aldinei Potelecki. “Ampliamos o horário de atendimento para que as pessoas consigam ir até o setor e ser atendido”, completou.

Sistema digital

"A prefeitura também está implantando a solução Aprova Digital, que pretende informatizar e tornar mais rápido a aprovação de obras e de loteamentos e de alvarás automáticos, de execução, de obras, de reforma e de demolição. Hoje, três desses processos já ocorrem de maneira 100% digital, por meio da plataforma.

“Na próxima quarta-feira, dia 24, iremos disponibilizar um link no site da Prefeitura para esses processos digitais. A intenção é tirar tudo do papel e trazer mais transparência. Além disso, a pessoa vai acompanhar todo trâmite do processo dela, ou seja, qual técnico está com os papéis e as  correções, por exemplo. Tudo isso em tempo real e fará com que o processo seja mais rápido”, observou Potelecki.

A ação de implantação da solução Aprova Digital vai permitir com que engenheiros e arquitetos emitam de maneira 100% on-line a licença de construção e a análise e aprovação de projetos arquitetônicos e hidrosanitários.